N. S. Perpétuo Socorro

15 Agosto 2014

Leitura: Ez 16, 1-15.60.63

Evangelho: Mt 19, 3-12

 

Deus se mostra fiel a sua aliança com o ser humano, mesmo os homens mostrando um coração duro e falta de confiança. ELE nos envolve em perdão e graça para termos vida em abundância. “Quem puder entender, entenda!”

14 Agosto 2014

Leitura: Ez 12, 1-12

Evangelho: Mt 18,21 – 19,1

 

Quantas vezes é preciso perdoar? – Esta pergunta acompanha a nossa vida a cada dia. Parece é mais fácil ignorar os erros do outro que realmente perdoar. O perdão inclui o cuidado. Consciente da falha do próximo eu cuido para que ele possa recuperar sua vida. Eu abro espaço para que outros possam viver. Perdão não é apenas um ato ou um momento, perdão é uma atitude de vida. Somos desafiados a cuidar do nosso próximo sempre ... setenta vezes sete.

13 Agosto 2014

Leitura: Ez 9, 1-7; 10,18-22

Evangelho: Mt 18, 15-20

 

Um pensamento difícil ... o profeta Ezequiel fala: Deus está perdendo a paciência com os homens. A razão é a falta de compaixão e perdão. O evangelista Mateus confirma a importância de se reconciliar. O perdão sem condição é marca da nossa vida cristã.

12 Agosto 2014

Leitura: Ez 2,8 – 3,4

Evangelho: Mt 18, 1-5.10.12-14

 

O profeta Ezequiel fica obrigado a se alimentar da palavra de Deus na forma de um rolo em que antigamente foi escrito a Tora. Este momento profético nos questiona. Como tratamos com a palavra de Deus? Lemos nela por costume? Ou por obrigação, porque faz parte do nosso ministério? Ou ela realmente entra na nossa vida como o alimento de cada dia? – Onde a palavra entre na nossa vida e nos penetre vai acontecer o que o evangelho fala: vamos ser como crianças que falam a verdade e que são capazes de amar e se reconciliar a qualquer momento.

11 Agosto 2014

Leitura: Ez 1, 2-5.24-28

Evangelho: Mt 17, 22-37

 

É importante criar uma visão sobre a própria vida ... de onde ela vem e para onde ela vai, perspectivas e esperanças. ... O profeta Ezequiel trabalha esta visão no exílio da Babilónia e chega a conclusão que Deus vai enviar um salvador, o “filho do homem”, uma espécie de um “super-homem”. Jesus também cria a sua visão e chega a conclusão que o antigo mencionado “super-homem” tem que passar o normal do mundo. Cada um será cobrado a pagar seus impostos e taxas para contribuir à vida de todos e quem procura o bem ainda mais será entregue nas mãos dos outros para sofrer. – Hoje nós somos chamados a mudar estas regras da história do nosso mundo! Valorizar a cada um que procura fazer bem – seja alguém que faz parte da nossa comunidade ou não – e realizar mesmo na própria vida o bem a favor dos demais. Passos pequenos para transformar o mundo, não são passos que já possam alcançar o resultado definitivo, mas são passos importantes no totalidade da vida.

10 Agosto 2014

1ª Leitura: ! RS 19,9.11-13

2ª Leitura: Rm 9, 1-5

Evangelho: Mt 14, 22-33

 

Refletimos neste mês de Agosto sobre as vocações. Viver sua vocação é uma resposta de fé. O evangelho de hoje questiona a nossa fé. Somos verdadeiramente pessoas de fé? – Pedro a quem nós chamamos como “pilar da Igreja” foi sempre o primeiro para confessar diante de Jesus: “Tu es o filho de Deus! Eu estou pronto para morrer por ti!” E este mesmo Pedro acaba em medo e angustia junto com todos os outros discípulos. Jesus não exige uma profissão perfeita e teologicamente correta, mas ele exige confiança – também de nós hoje. Confiar, mesmo que o caminho se torna doloroso, mesmo que eu não mais entendo o que passa. Chamado a confiar que ele vai comigo e que momentos difíceis não caiam fora do plano de amor de Deus.

09 Agosto 2014 – Santa Teresa Benedita da Cruz

Leitura: Hab 1,12 – 2,4

Evangelho: Mt 17, 14-20

 

Santa Teresa antes melhor conhecida como Edith Stein, uma jovem judeu que encontrou no meio do terror nazista a fé católica. Ela abrangeu a vida religiosa e foi 1942 deportado para o campo de concentração Ausschwitz na Polónia. Ela mostrou na sua vida uma grande profundidade na busca de Deus e numa vida na verdade do amor. Ela quer nos hoje animar que não fazemos nossa vida cristã dependente da circunstâncias ou das reações de outros, mas sim vivermos este amor que Deus manifestou no nosso caminho no cuidado do outro.

07 Agosto 2014

Leitura: Jr 31,31-34

Evangelho: Mt 16, 13-23

 

O projeto de Deus está em andamento, já desde do tempo dos antigos profetas. Que todos conheçam a Deus e ninguém precisa mais correção e ensinamento de outros. Mas, também em todo tempo este projeto sempre de novo sofreu desrespeito e violência. Jesus veio para fazer novos passos. Ele não quis convencer e obrigar, mas chamou e desenho nas parábolas e contas uma nova imagem do reino de Deus. Ele mesmo sabia da sua morte violenta e mesmo assim não desistiu. Somos nós hoje chamados a mudar história não usando mais força para nossas realizações e promovendo paz e justiça.

08 Agosto 2014 – São Domingos de Guzmão

1ª Leitura: Na 2, 1.3; 3, 1-3.67

2ª Leitura: Dt 32, 35-41

Evangelho: Mt 16, 24-28

 

Quem de verdade quer seguir a mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me!” – São Domingos de Gusmão procurou seguir a esta palavra do evangelho. Na mesma época como São Francisco de Assis ele se deixou comover como Jesus pela pobreza e sofrimento de tanta gente do seu tempo e ele procurou ser uma voz de verdade no meio das brigas religiosas dentro da Igreja e por sua volta. Renunciando a si mesmo ele compartilho de modo solidário a vida dos pobres e desenvolveu uma pregação clara, mas cheio de carinho. Fazemos memoria deste homem importante na Igreja e renovamos o nosso compromisso missionário e o nosso compromisso com o nosso povo que hoje está tão sofrido.

06 Agosto 2014 – Transfiguração do Senhor

Leitura: Dn 7, 9-10.13-14

Evangelho: Mt 17, 1-9


Jesus fica transfigurado diante dos seus discípulos. Ele fica transparente, o total de sua vida aparece – a glória e o brilho, mas também o seu sofrimento e a sua paixão. Este dia nos quer dar coragem para olhamos a nossa vida com todos os aspectos. Temos momentos bons e momentos difíceis. Com tudo que faz parte da nossa existência Deus nos diz: “Tu és meu filho, tu és minha filha a quem eu amo!”