FaceBook  Twitter  

Catequese de Iniciação Cristã

 

O EVANGELHO DE JOÃO: uma catequese para gente grande

 

  1. No tempo da Páscoa do ano “C”a liturgia da Igreja escolheu o evangelho de João para ser proclamado. Vamos entender um pouquinho esta pérola da Palavra de Deus:

João é último a escrever com a comunidade do “discípulo amado” uma narração da vida de Jesus. O seu estilo é todo especial, bem diferente de Mateus, Marcos, Lucas.

com a cronologia da vida de Jesus, mas sim com a sua mensagem, com um caminho de fé da comunidade do discípulo amado.

Em primeiro lugar vem a pergunta: Quem será o discípulo amado? Nunca está escrito o autor ou o nome deste discípulo. É uma pessoa? É uma comunidade? E’ o discípulo João e a comunidade fundada por ele?

A tradição diz que foi João, filho de Zebedeu, irmão de Tiago, a escrever pela volta do ano 100 este belíssima Boa Noticia: João é o discípulo perfeito, o discípulo amado.

João começa desde o Principio, quando a Palavra estava junto de Deus; e veio no mundo para dar Vida. A mensagem da criação é muito presente em todo o evangelho, rumo ao sexto dia, dia da criação do homem e da mulher: Cristo veio para concluir uma nova criação na sua Páscoa.

  1. João é um poeta, um místico, um homem contemplativo do mistério da palavra que se fez carne e habitou entre nós; rejeitado, o Filho de Deus, nos faz filhos de Deus, nascidos de Deus, crendo no seu Nome.

Para João a carne de Deus é o maior sinal da presença de Deus na humanidade: cabe a nós acolher este mistério de amor.

Perante a Palavra de Deus, à luz da revelação, acontece um julgamento: os que vivem segundo a vontade do Pai, e o aceitam; e os que não vivem conforme a vontade do Pai e o rejeitam afastando-se da luz de Deus.

Jesus mesmo será julgado, condenado pelo mundo e glorificado pelo Pai.

No evangelho de João, chamado também de quarto evangelho, o amor é o mandamento definitivo.

 

3 . O evangelho de João se articula em 7 sinais que apontam para a revelação de Jesus Filho de Deus e para que crendo nele tenhamos vida.

  1. O casamento em Cana da Galiléia: A água muda em vinho 2,1-12;Jesus faz aliança com a humanidade

  2. Jesus cura o filho do funcionário do rei 4,46-54; um pagão se salva com toda a sua família.

  3. Jesus cura o paralitico 5,1-18 (a questão do sábado; ameaças contra Jesus)

  4. A partilha dos pães e a bênção (preparação do pão da Vida: palavra e Eucaristia) 6

  5. Jesus caminha sobre as águas 6,16-21 Senhor da vida: Sou Eu!

  6. O cego de nascença 9; a nova criação. Jesus é a luz do mundo.

  7. A ressurreição de Lazaro 11; Jesus é a Ressurreição e a vida

 

Os sete sinais chegam a perfeição em Jesus, na sua paixão, morte e Ressurreição: Jesus celebra a sua glorificação quando, elevado da terra na cruz oferece a sua vida pela vida do mundo. A sua realeza se manifesta na Cruz, dom total.

Jesus é o oitavo sinal no oitavo dia da Revelação, o primeiro dia da semana. Com Jesus, Filho de Deus que anuncia o novo mandamento do Amor na última ceia, se completa toda a Revelação.

Todo o evangelho de João aponta para a vida eterna que já começa hoje.

O Espírito de Deus acompanha a comunidade na sua caminhada.

O evangelho de João é Trinitário: tudo aponta para o Mistério de Deus: Pai, o Filho de Deus- Palavra, o Espírito Paraclito, advogado, defensor.

O mistério de Deus participa da nossa vida, da nossa carne.

O objetivo do evangelho de João é mostrar com os sinais que Jesus é o Messias, o filho de Deus e para que crendo tenhais vida por meio dele.

 

  1. COMO ADAPTAR O EVANGELHO DE JOÃO PARA AS CRIANÇAS e ADOLESCENTES DA INICIAÇÃO CRISTÃ NA PRELAZIA DO XINGU?

 

João é um evangelho profundo, de meditação, de silêncio, de contemplação!

Para as nossas comunidades que celebram a Vida, o Evangelho de João proclamado no tempo da Páscoa, é uma grande catequese da vida.

Toda a nossa atenção à vida, na catequese, pode se ponto de partida para uma catequese pascal. As 6 festas de Jesus, os 7 sinais, os símbolos (vinho, pão,ovelhas e pastor, videira- ramos, trevas-luz....o sinal do lava-pés, enfim, toda a vida de Jesus pode ser contemplada na vida da comunidade e na vida do povo. E também toda a vida do povo encontrará eco, ressonância, continuidade na vida de Jesus que aponta para a vida eterna.

As famílias, as crianças, a/o catequista e toda a comunidade estão convidadas a colocar a vida em primeiro lugar. A vida que tem o seu inicio no ventre materno e continua no dia a dia e tem a sua ultima meta na vida eterna.

A nossa catequese começa sempre com a vida e termina sempre com a vida.

Na Prelazia do Xingu o compromisso com a vida é marca registrada nas Assembleias do povo de Deus. A defesa da vida das pessoas fragilizadas, empobrecidas, a luta pela vida da floresta, a defesa da vida do meio ambiente (a biodiversidade), a defesa da vida dos povos indígenas...enfim toda a vida está ao centro dos cuidados do Povo de Deus da Prelazia.

A catequese acompanha este caminho de fé com a luz da Palavra de Deus, sobretudo pelo Evangelho de João, o evangelho da vida plena, da vida em abundância. Esta mensagem da vida é a logomarca da pastoral da criança.

A iniciação á vida cristã é itinerário de compromisso com a vida desde a gestação, a celebração da vida no batismo, com a força do Pão da Vida, a Eucaristia, com o dom que vem do Alto, pois suas Palavras são Espírito e Vida.

Esta introdução é apenas um ensaio para a leitura orante do Evangelho de João; um ensaio, com certeza, limitado. Espero possa servir para a catequese no tempo da Páscoa.

Padre Vicente Zambello

 

 

Tempo da Páscoa Catequese da Iniciação Cristã ano C 2013

 

2° DOMINGO DE PÁSCOA

 

‘’MEU SENHOR E MEU DEUS”

 

VIDA

Acolhida festiva: é Páscoa. Canto de aleluia.

- Como foi a celebração da Páscoa? Partilhar

- O que mais tocou o nosso coração na Páscoa deste ano? Na quinta f. santa? (Ceia do Senhor);na sexta f. Santa ( Paixão e morte do Senhor e via sacra nas ruas); na vigília Pascal (sábado) e domingo de Páscoa

-Quem participou da celebração do Batismo? partilhar

Canto: A páscoa não é só hoje, a Páscoa é todo dia! ou uma dinâmica

 

 

.

PALAVRA

Canto: Aleluia, povo meu, aleluia!

João 20,19-31

Para catequista

No evangelho de João, o apostolo João, tem um jeito diferente de contar a historia da ressurreição do Senhor. O primeiro dia da semana, confirma o dia da ressurreição do Senhor: é o Domingo. Jesus entra a portas fechadas pois para Ele não existe mais nenhuma dificuldade: tudo está aberto a sua presença gloriosa. A saudação pascal:” A paz esteja convosco”, é o refrão de Cristo ressuscitado. Cristo está ao centro da igreja que nasce. A alegria é geral. A PASCOA é a vida e a esperança das comunidades.Os apóstolos continuam a missão em nome de Jesus e do Pai.

Para o evangelho de João, o dom do Espírito santo, manifestado pelo sopro, coincide com a festa da Páscoa. O perdão dos pecados é o primeiro fruto-dom pascal.

A figura de Tomé, o Dídimo, ausente na hora da primeira aparição de Jesus

é uma nova catequese da páscoa do Senhor: sempre de domingo (oito dias depois). Tomé o incrédulo, tira todas as duvidas da comunidade e nossas também ao dizer com fé: “Meu Senhor e meu Deus”. Agora nós somos felizes pois acreditamos em Cristo Ressuscitado sem ver!

 

  1. Vamos contar a ressurreição de Jesus

  2. Quais são os personagens? O que eles fazem?

  3. Qual é a missão do Espírito Santo?

  4. Vamos falar de Tomé (cada um conta o que entendeu deste homem).

  5. O que nos ensina este evangelho?

Canto: Meu Senhor e meu Deus (bis) eu te adoro!

 

LITURGIA

Preparar o sinal da Paz na hora da celebração: canto, bandeira da paz....

Neste segundo domingo de Páscoa começa o tempo da MISTAGOGIA, o tempo em que a liturgia da Igreja acolhe os neófitos, os neonatos da Páscoa, para aprofundar o mistério do Batismo. E’ bom que a comunidade receba com carinho as pessoas batizadas; elas e os pais e padrinhos testemunhem o caminho para o Batismo e a alegria de ter nascido de Deus.

Canto: Banhados em Cristo somos uma nova criatura

 

VIDA

Pode fazer a festa-partilha da páscoa na catequese convidando os familiares. A páscoa é a festa da vida.

Desenhar Cristo ressuscitado que aparece a Tomé.

Canto final: Maria de Nazaré

Segunda f. 8 de abril a igreja celebra a festa da Anunciação do Senhor, quando Maria aceitou a missão de ser a mãe de Jesus.

Conversar sobre o novo Papa pra acolhe-lo com fé e amor

 

 

 

3° DOMINGO DE PÁSCOA

PESCAR COM JESUS!

VIDA

Saudação entre todos com o sinal da paz, saudação pascal.

Chamada bem animada. Após cada nome cantar um Aleluia

Ou após a chamada de todos: Aleluia, aleluia, aleluia, glória ao Senhor.

Quem é pescador/a fale da sua experiência.

 

 

 

PALAVRA

Aclamação: Buscai primeiro o Reino de Deus...Aleluia

João: 21,1-14

Para catequista

A Pesca milagrosa sucede a uma pescaria frustrada; Jesus aparece aos sete apóstolos, expressando totalidade. Pede de comer. Jesus manda lançar as redes e eles obedecem e a pesca se torna farta. O primeiro a reconhecer Jesus ressuscitado é o discípulo amado, figura do verdadeiro seguidor de Jesus que diz: “E’ o Senhor”. E’ o amor que leva a intuição da fé. Os 153 peixes simbolizam todos os povos da terra e quer dizer que todos os povos da terra serão acolhidos na pescaria de Jesus e da Igreja. A rede não se rasga sinal que Cristo e a Igreja não vai se romper. Jesus mesmo prepara o banquete na beira do lago. E’ o sinal da Eucaristia, dom do Ressuscitado.

 

  1. Deixar os catequizandos contarem o fato do evangelho.

  2. Quem estava pescando?

  3. Quem primeiro reconhece Jesus? Por quê?

  4. O que representam os peixes?

  5. Qual o sentido do banquete preparado por Jesus?

  6. Como podemos ser hoje pescadores de Jesus Ressuscitado?

 

Canto: Navegarei, em águas mais profundas.....

 

LITURGIA

Abençoar a todos com a água para lembrar o batismo.

Falar da primeira Eucaristia à luz do banquete de Jesus: pão e peixe. Acolher as crianças que celebraram a primeira Eucaristia na Pascoa.

Canto: Gloria, gloria Aleluia, Jesus ressuscitou

 

VIDA

Além de pescar peixe, qual a pescaria que Jesus sonha?

Desenhar a pescaria de Jesus.

Está chegando a jornada mundial da Juventude (JMJ) que acontecerá n Rio de Janeiro no mês de julho.

Os/as catequistas fiquem de olho, acompanhando a comunidade e a Pastoral da Juventude.

 

4° DOMINGO DE PÁSCOA

Ovelhas de um pastor que ama

 

VIDA:

Oração da Páscoa:

Rezar o Creio repetindo o trecho da Páscoa de Jesus

Chamada pelo nome, como faz Jesus com as suas ovelhas que ele ama; repetir o nome de cada criança com carinho

Canto: Sou bom pastor, ovelhas guardarei

 

 

 

 

 

PALAVRA

Canto: Tu és senhor, o meu Pastor.....(só o refrão)

João 10,27-30

Para catequista

Este breve trecho do evangelho de João se insere no capitulo 10 quando o discípulo amado apresenta Jesus como a porta do aprisco, aberta para quem quiser entrar. As ovelhas conhecem a voz do pastor. O contrario é o ladrão. A atitude de Jesus (porta e pastor) é para dar vida e vida em abundancia (10,10).

Outro contraste é entre o pastor e o mercenário, aquele que trabalha com as ovelhas só para ganhar e não se importa com o lobo.E’ bom para o catequista ler todo o capitulo 10

Na festa da dedicação v.22 Jesus volta na mesma imagem do pastor: as ovelhas escutam a sua voz. Ele as ama e com Ele o Pai está compromissado em guarda-las. O evangelho termina com uma declaração de fé entre Jesus e o Pai: Eu e o Pai somos um! Que aponta para a igualdade divina entre Jesus e Deus Pai.

 

  1. O que faz Jesus como pastor?

  2. Qual é a vida que Jesus dá para nós?

  3. O que é a vida eterna?

  4. Qual é a relação entre Deus e Jesus?

  5. Na nossa vida como acolher a vida de Deus?

 

Pelo Batismo nos tornamos pastores do povo de Deus

Canto: Pelo batismo recebi uma missão

 

LITURGIA

Salmo 23 Tu és Senhor o meu Pastor

Ou Eu vim para que todos tenham vida que todos tenham vida....

Continua o tempo da Mistagogia, do aprofundamento do Sacramento do Batismo, acolhendo os que foram batizados na Páscoa: pedir testemunhos

 

VIDA

Jesus veio para que todos tenham vida. Quais são os sinais de vida no meio de nós?Quais são os sinais de morte no meio de nós? O que fazer para que haja vida plena no meio de nós?

Desenhar: Jesus bom Pastor

Lembrar o JMJ no Rio de janeiro.

 

  

5° DOMINGO DE PÁSCOA

Amar é tudo na vida!

 

VIDA

Sinal da cruz marcando a cabeça, os lábios, o peito para dizer que pertencemos totalmente a Deus.

Uma criança estava sem estudar porque os pais não ligavam para isso. Um amigo se ofereceu para ir com ele na escola e conseguiu, junto com o pai matricular o menino.

Que você acha deste fato da vida?

Canto: Prova de amor maior não há que doar a vida pelo irmão.

 

 PALAVRA

Canto de aclamação: Eu vos dou um novo mandamento

João 13,31-35

Para catequista

O ambiente deste evangelho é o Cenáculo, isto é a sala da ultima Ceia. A figura de Judas caracteriza o drama da traição de um amigo e o começo da glorificação de Jesus. Para Jesus ser glorificado significa doar a vida.

Neste clima Jesus diz uma palavra, um mandamento que resume, contempla toda a sua vida: Amar! 4 vezes aparece a palavra “amor”. Ela dá sentido a vida de Jesus e a vida da nova comunidade dos discípulos/as de Jesus. O Como eu (Jesus) vos amei é a referencia deste novo mandamento. Assim está escrito o caminho da comunidade do discípulo amado e de toda comunidade cristã: amar do jeito de Cristo.

 

  1. Como acontece a gloria de Jesus?

  2. Como Jesus ama a sua comunidade?

  3. Como amar hoje seguindo o amor de Jesus?

 

Canto: Um dia uma criança me parou....amar como Jesus amou.

 

LITURGIA

Celebrar na catequese o mandamento do amor com cantos e um gesto de serviço. Ouvir os testemunhos de quem celebrou o batismo na Páscoa.

 

VIDA

Fazer um gesto de amor a um colega que precisa.

Exemplo: uma visita

Desenhar um gesto de caridade

O dia primeiro de maio é dedicado ao trabalho.

Na catequese lembrar esta data quando operários, Nos Estados Unidos, em 1886, foram assassinados lutando pela dignidade do trabalho, contra o trabalho escravo nos Estados Unidos. Mas isso acontece também no Brasil até hoje.

Começa o mês de maio dedicado a Nossa Senhora, a Mãe de Jesus e nossa: Maria.

Na catequese, é bom ensinar a rezar o rosário.

 

 

6° DOMINGO DE PÁSCOA

Quem ama se torna casa de Deus!

 

 

VIDA

Chamada; oração da Ave Maria; canto do Aleluia.

Numa família morreu de repente a mãe de infarto e os filhos e filhas, ainda crianças ficaram numa grande dor. Mas a mais velha de 15 anos está fazendo o papel de mãe.

Que tal?

Canto: Pelas estradas da vida, nunca sozinho está...

 

 PALAVRA

Aclamação: Maria escutava tudo

João: 14,23-29

Para Catequista:

Jesus no evangelho encoraja os discípulos para que não desanimem na hora da provação e da perseguição. Mas precisa amar, guardar a sua palavra. A Palavra de Jesus vem do Pai. Jesus promete o dom do Espírito Santo, o defensor da comunidade na hora da prova, da perseguição; por isso a comunidade não deve ter medo.

Jesus oferece a paz aos seus discípulos e discípulas.

 

  1. O que Jesus promete a quem o ama?

  2. O que precisa fazer para ser discípulo/a de Jesus?

  3. Qual o dom que Jesus promete aos seus amigos?

  4. O que faz em nossa vida o Espírito santo que Jesus promete?

  5. Como somos casa de Deus?

 

Canto: Vem Espírito Santo vem, vem iluminar

A minha vida vem, iluminar; a minha casa vem iluminar....

 

LITURGIA

Rezar a prece ao Espírito Santo (ver livrinho da catequese)

Rezar um mistério do rosário.

 

VIDA

Participar da celebração na comunidade.

Preparar o dia das mães

 

 

 

ASCENSÃO DO SENHOR

 

 

Cristo ressuscitado volta ao Pai: Missão cumprida!

 

VIDA

Oração: Pai nosso de mãos elevadas; ensinar como abençoar e pedir a bênção.

Uma mãe teve que ir embora do lugar porque estava sendo ameaçada. Os filhos sentiram muito aquela mudança, mas onde foram procuraram a comunidade e continuam a caminhada: a missão continua!

Que tal deste fato?

 

 

 PALAVRA

Canto de aclamação: Eu navegarei no oceano do Espírito

Lucas 24,46-53

Todo o Evangelho de Lucas é direcionado a volta de Jesus ao Pai, como coroação da sua Páscoa: é a sua Ascensão. Para Jesus é missão cumprida! Os discípulos tem a missão de serem testemunhas pelo mundo afora.

Jesus, junto com o Pai promete o dom do Espírito Santo que conduzirá os discípulos na missão. Jesus conclui a sua missão abençoando a todos.

E os discípulos o adoram e voltam para Jerusalém com grande alegria.

 

  1. Vamos contar o Evangelho

  2. Qual foi a missão de Jesus?

  3. Qual foi a missão dos discípulos?

  4. Qual é a promessa de Jesus?

  5. Qual é a nossa missão?

 

Canto: A nós descei divina Luz ou a Nossa Senhora

 

LITURGIA

Oração do Creio, frisando o trecho em que se reza: Desceu a mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus

 

VIDA

Dia das mães: preparar uma palavra ou um pequeno presente para as mães; cantar hinos de festa pra as mães

Lembrar o JMJ no Rio de Janeiro

Para não esquecer: 13 de maio, abolição da escravatura

Convidar a participar da novena e da Vigília de Pentecostes

 

 

PENTECOSTES : O FOGO DO ESPIRITO DE DEUS!

 

 

VIDA :

Chamada; Sinal da cruz

Canto: Quando o Espírito de Deus soprou, o mundo inteiro.....

 

Um jovem se crismou, se tornou catequista. Passou no vestibular e teve que ir a Macapá para estudar. Deixou a família, a comunidade; deixou muitas saudades. Dizia a todos: “Cumpri a minha missão!”

Onde ele foi, se entrosou naquela comunidade: a missão para ele continua.

Que tal deste fato?

 

PALAVRA

Aclamação: A nós descei divina luz

João 20,19-23 (este evangelho já foi proclamado no segundo domingo de Páscoa) Sugestão: Atos dos Apóstolos 2,1-11

Para catequista

Este trecho dos Atos conta a historia do Pentecostes. A comunidade de Jesus Ressuscitado está reunida e unida com Maria.

Acontece uma manifestação divina: O barulho enche toda a casa. As línguas de fogo simbolizam o poder de Deus que enche os corações do fogo do amor: lembra a sarça ardente de Moises? As línguas de fogo fazem falar as maravilhas de Deus. Não se trata de falar línguas incompreensíveis, mas de respeitar o dom da língua de cada povo, de cada cultura. Começa uma nova humanidade, uma nova criação pela força do Espírito. Todos os povos da terra escutam esta nova mensagem na sua própria língua.

 

  1. Como aconteceu o Pentecostes? Partilhar

  2. Qual o sentido do barulho e das línguas de fogo?

  3. Qual e sentido da presença de todos os povos da terra?

  4. Como hoje pode acontecer de novo o Pentecostes?

(Em 1962 até 1965 aconteceu o Concilio Vaticano 2° quando toda a igreja, povo de Deus, pela força do Espírito santo,se reiniu em Roma para servir melhor a humanidade. Foi como um abrir as janelas, abrir o coração para algo novo para o bem de toda a humanidade). As crianças não sabem disso,mas é bom que o/a catequista lembre este evento do Espírito Santo.

 

Canto: Eu navegarei no oceano do Espírito

 

LITURGIA

Cantar hinos ao Espírito santo; rezar a oração ao Espírito Santo: Vinde Espírito santo

Apresentar os jovens crismandos na comunidade com os padrinhos/as

 

VIDA

Acolher as crianças que vem de outros estados ou tem origem indígena. Valorizar os testemunhos.

Desenhar as línguas de fogo.

Preparar o JMJ

 

 

NO PROXIMO DOMINGO RECOMEÇA O TEMPO COMUM: CELEBRAMOS A FESTA DA SANTISSIMA TRINDADE

 

A festa da SS.mo Corpo e Sangue de Cristo pode ser um momento celebrativo e de catequese para amar a Eucaristia.

 

NO FIM DE MAIO costuma-se celebrar a coroação de nossa Senhora: momento de devoção popular a Maria mãe de Jesus e da Igreja ,mãe de cada um de nós; o evangelho da Visitação nos ensina a imitar Maria visitante da prima Isabel que precisava de ajuda.