MAPA DO SITE

FaceBook  Twitter  

28 de Julho 2014

Leitura: Jr 13, 1-11

Evangelho: Mt 13, 31-35

 

As parábolas da semente de mostarda e do fermento falam de uma verdade da nossa vida. Qualquer atividade ou projeto da nossa vida exige nosso empenho total. Coisas realizadas pela metade não prestam para nada. E dedicação total exige decisão. Fazendo um é preciso deixa outro. Estes processos de vida vão nos transformar. A semente que cai na terra morre por um lado, mas se transforma numa planta enorme. O fermento colocado na massa se perde nela, mas produz um pão ou bolo gostoso. Estas parábolas chamam a todos nós que ficamos paralizados nas nossas vidas por medo que algo poderia mudar. Temos medo que a vida possa ficar pior e temos medo de algo novo que ainda não conhecemos. A tentação é ficar no estado atual que conhecemos. O evangelho nos chama arriscar o novo.

FaceBook  Twitter  

27 de Julho 2014

1ªLeitura: 1 Rs 3, 5.7-12

2ª Leitura: Rm 8, 28-30

Evangelho: Mt 13, 44-52

 

Aprendemos que oração é importante para nós. Mas, o que rezamos e o que pedimos de Deus? - Pedimos que nós nos livre de dificuldades? Que Ele nos conceda o necessário para a nossa vida? Ou que Ele nos proteja contra forças malignas? - Salomão pediu sabedoria para discernir a vida e as próprias ações. Parte da sabedoria também é do que Paulo nos fala: “Quem está com Deus àquele tudo na vida serve para o bem!” Com isto temos as nossas dificuldades. A nossa vida está cheia de rejeições e negações. Julgamos muitos momentos como negativos. O evangelho nos convida a descobrir o Reino de Deus no campo, na terra onde trabalhamos, nosso dia a dia. Assim descobrir o Reino, o projeto de Deus em cada pessoa que encontramos. Esta descoberta nos leva a fazer bem a cada um e fazer desta maneira o Reino de Deus crescer.

FaceBook  Twitter  

26 de Julho 2014 – Santos Joaquim e Ana (pais de Nossa Senhora)

Leitura: Eclo 44, 1.10-15

Evangelho: Mt 13, 16-17

 

Não sabemos muito de São Joaquim e de Santa Ana, dos pais de Maria. Podemos apenas contemplar a importância dos dois a partir das atitudes da filha. Maria vivia numa confiança firme em Deus. Resultado da vida e da educação recebidas dos pais. Somos convidados neste dia a refletir sobre tudo que nós recebemos das nossas famílias e dos nossos amigos e vamo-nos juntar ao Eclesiástico: “Vamos fazer o elogio das pessoas famosas, nossos antepassados através das gerações!”

FaceBook  Twitter  

25 de Julho 2014 – Apóstolo São Tiago

Leitura: 2 Cor 4, 7-15

Evangelho: Mt 20, 20-28

 

Competição, luta por reconhecimento e medo de falhar e perder marcam a nossa vida. Queremos valer como autoridades, como pessoas dominando a vida com todas as suas dificuldades. O evangelho nos apresenta hoje os apóstolos com as mesmas atitudes. Eles querem ser grandes neste novo reinado de Jesus de Nazaré. Mas, ele deu aos discípulos e dá hoje a nós uma resposta desafiadora: Quem quer valer, quem quer ser grande deve se tornar servidor. A palavra que o evangelho aqui usa é “escravo”. Ser humilde, se sentir como escravo do próximo – nisto consiste a vida do Cristo e assim somos nós desafiados a imitá-lo.

FaceBook  Twitter  

24 de Julho 2014

Leitura: Jr 2, 1-3.7-8.12-13

Evangelho: Mt 13, 10-17

 

Deus nos chama a viver com responsabilidade. Está confiado a nós este mundo, a criação. Jeremias tem que denunciar a irresponsabilidade de seu povo. Jesus expressa o mesmo dizendo que só poucos entendem o projeto de Deus e respondem ao chamado para uma vida em plenitude. Temos que decidir a nossa vida hoje de novo.

FaceBook  Twitter  

23 de Julho 2014

Leitura: Jr 1, 1.4-10

Evangelho: Mt 13, 1-9

 

O profeta Jeremias provavelmente é a figura mais trágica do Antigo Testamento. Ele vence até a personalidade do Jô. Vocacionado e confirmado como escolhido ele passou uma vida atrapalhada e finalmente sem sucesso. Ele parece como o semeador do evangelho que semeando perde quase 80% das sementes que caem em chão não predestinado para produzir frutos. O amor de Deus não depende do nosso sucesso. O amor de Deus é incondicional. Jeremias é modelo de uma pessoa que se deixou envolver no projeto de Deus com todas as consequências.

FaceBook  Twitter  

22 de Julho 2014 – Santa Maria Madalena

Leitura: Ct 3, 1-4

Evangelho: Jo 20, 1-2.11-18

 

Em Maria Madalena o Novo Testamento nos apresenta uma história de conversão. Da prostituta e pessoa possuída se desenvolve uma discípula fervorosa e fiel. Este dia quer nos animar a acreditar no amor e na misericórdia de Deus. Nenhum momento na história da nossa vida passa a toa. Cada momento nos chama a procurar a proximidade e intimidade com este Deus que só sabe amar. Deixemo-nos hoje envolver neste amor na realidade que estamos vivendo.

FaceBook  Twitter  

21 de Julho 2014

Leitura: Mq 6, 1-4.6-8

Evangelho: Mt 12, 38-42

 

Deus está na disputa com o seu povo. ELE está em disputa hoje conosco. A nossa atitude religiosa tem a tendência a procurar merecer graça e exigir que Deus se manifeste para podermos acreditar. A lei divina está baseada na nossa razão e prudência. Faz bem para nós promover vida, faz bem para nós praticar o perdão e a misericórdia. A nossa maneira de viver leva a ganhar para ter, o projeto de Deus nos chama para cultivar e aumentar o nosso ser. Precisamos apenas seguir à nossa prudência e deixar a nossa ansiedade de ganhar e ter.

FaceBook  Twitter  

20 de Julho 2014

1ª Leitura:Sb 12, 13.16-19

2ª Leitura: Rm 8, 26-27

Evangelho: Mt 13, 24-43

 

Deus envolve seu povo numa esperança confortadora e na paz (livro da Sabedoria) e ELE vem apoiar a fraqueza humana com SEU Espírito Santo (carta de São Paulo aos Romanos). A paciência e clemência de Deus abrem espaço para que nossa vida possa ser desenvolvida. As parábolas que Jesus conta confirmam isto. O joio pode crescer no meio do trigo e a menor semente da mostarda tem tempo para crescer e se desenvolver para uma árvore grande. O tempo da nossa vida é oportunidade para fazer o bem crescer e a ser mais coerente com o projeto de Deus. Cuidamos bem do nosso tempo de vida.

FaceBook  Twitter  

19 de Julho 2014

Leitura: Mq 2, 1-5

Evangelho: Mt 12, 14-21

 

Os profetas do Antigo Testamento não se cansaram de falar de um Deus que por amor vai cuidar do seu povo e vai tirá-lo do sofrimento e da injustiça. Jesus está se referindo a estes anúncios e ele mostra que é a força salvadora de Deus: o carinho e o cuidado. Jesus vivendo no Espírito de Deus realiza este carinho curando e consolando no meio do povo. Banhados neste Espírito Santo no nosso batismo e confirmados no crisma somos nós chamados a viver o carinho de Deus hoje no nosso dia a dia. Deus não age violento e castigando quem está errado ou fora, ELE quer acarinhar as pessoas através de nós para salvar e encaminhar o novo mundo prometido.

 

Subcategorias

Bispo responsável: Dom Erwin Krautler

Nascimento: 12/07/1939 -Koblach/ Áustria, ordenação

presbiteral: 03/07/1965 - Salzburg/ Áustria.

Sagrado bispo em 25/01/1981 - Altamira - Província

Eclesiástica Belém do Pará.

 

Endereço: Avenida João Pessoa, 1212 CEP 68371-040 - Centro, Altamira - Para - Brasil

 

Tel: 0055.0XX93.3515.1761 - Curia - 0055.0xx93.3515.2494

 

 

Características Gerais da Prelazia

A Prelazia do Xingu foi criada a 16/08/1934, pela Bula “Animarum Bonum Postulat” do Papa Pio XI, desmembrada da Arquidiocese de Belém do Pará e das então Prelazias de Santarém e Santíssima Conceição do Araguaia. Foi confiada pela Santa Sé aos cuidados da Congregação dos Missionários do Preciosíssimo Sangue de Cristo. 1º Administrador Apostólico: Dom Armando Bahlmann, OFM (1935). 2º Administrador Apostólico: Padre Clemente Geiger, CPPS (1935-1948). 1º Bispo Prelado: Dom Clemente Geiger, CPPS (1948 a 1971). 2º Bispo Prelado: Dom Eurico Krautler, CPPS (1971 a 1981).

 

Superfície: 368.086,0 KM²

População: 392.211 hab

Densidade Demográfica 1,1 hab/km² (baseado em dados do, IBGE - 2000)

 

 Mapa da Prelazia do Xingu

 

MunicípioS pertencentes: Altamira, Anapu, Bannach, Brasil Novo, Cumaru do Norte, Gurupá, Medicilândia, Ourilândia do Norte, Placas, Porto de Moz, São Félix do Xingu, Senador José Porfírio, Tucumã, Uruará, Vitória do Xingu.

 

A Prelazia do Xingu é formada por seis regiões pastorais:

Região Alto Xingu: Ourilândia do Norte, São Félix do Xingu e Tucumã;

Região Médio Xingu: Vitória e Souzel;

Região Baixo Xingu: Porto de Moz e Gurupá

Região Transamazônica Oeste: Brasil Novo, Medicilândia, Uruará e Placas;

Região Transamazônica Leste: Belo Monte e Anapu

Região de Altamira: Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Áreas: Perpétuo Socorro e Imaculada Conceição

 

Os municípios de Cumaru do Norte e Bannach são atendidos pela Diocese de SS. Conceição do Araguaia.

 

A Prelazia possui três instâncias de decisão: Grande Assembléia do Povo de Deus no Xingu, Conselho de Pastoral e Coordenação de Pastoral.

 

 

Nesta Seção você poderá baixar arquivos: texto, vídeo ou figuras que tenham relação com o trabalho pastoral na Prelazia, na medida que for sendo disponibilizados pelas pastorais ou agentes de pastoral.

Alguns Downloads poderão ser feitos somente por usuários cadastrados. Caso você seja um Agente de Pastoral e tenha alguma dificuldade entre em contato com o Centro de Pastoral para que faça o seu cadastramento como Agente.