MAPA DO SITE

FaceBook  Twitter  
FaceBook  Twitter  

09 Agosto 2014 – Santa Teresa Benedita da Cruz

Leitura: Hab 1,12 – 2,4

Evangelho: Mt 17, 14-20

 

Santa Teresa antes melhor conhecida como Edith Stein, uma jovem judeu que encontrou no meio do terror nazista a fé católica. Ela abrangeu a vida religiosa e foi 1942 deportado para o campo de concentração Ausschwitz na Polónia. Ela mostrou na sua vida uma grande profundidade na busca de Deus e numa vida na verdade do amor. Ela quer nos hoje animar que não fazemos nossa vida cristã dependente da circunstâncias ou das reações de outros, mas sim vivermos este amor que Deus manifestou no nosso caminho no cuidado do outro.

FaceBook  Twitter  

08 Agosto 2014 – São Domingos de Guzmão

1ª Leitura: Na 2, 1.3; 3, 1-3.67

2ª Leitura: Dt 32, 35-41

Evangelho: Mt 16, 24-28

 

Quem de verdade quer seguir a mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me!” – São Domingos de Gusmão procurou seguir a esta palavra do evangelho. Na mesma época como São Francisco de Assis ele se deixou comover como Jesus pela pobreza e sofrimento de tanta gente do seu tempo e ele procurou ser uma voz de verdade no meio das brigas religiosas dentro da Igreja e por sua volta. Renunciando a si mesmo ele compartilho de modo solidário a vida dos pobres e desenvolveu uma pregação clara, mas cheio de carinho. Fazemos memoria deste homem importante na Igreja e renovamos o nosso compromisso missionário e o nosso compromisso com o nosso povo que hoje está tão sofrido.

FaceBook  Twitter  

30º CARTA ABERTA

 

Área Pastoral do Assurini - Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

 

Prelazia do Xingu/ 3ª carta de 2014 - 7º Ano no Assurini

 

Estamos na 2ª metade do ano de 2014. Nos meses de maio, junho e julho, fizemos a experiência de atender as comunidades na medida que solicitaram. Vamos avaliar?

Parece que atingimos quase todas as comunidades e várias foram visitadas mais de uma vez. Sentimos o povo mais articulado, desperto e maior número de presença de gente e integração de comunidades. Teve muitas visitas as outras comunidades ao redor de batizados, às vezes não tão bem preparados e vários “fugindo” de cursos em outras paróquias. É aquela história: para limpar a cacimba temos que sujar a água, mas depois a água limpa que vem da fonte acaba com o resto da água suja.

As comunidades estão sendo mais desafiadas para a criatividade. Estamos vendo com alegria as iniciativas de funcionar os cultos, a catequese, as festinhas, as visitas, arrumação da capela, do salão, convívios, encontros. A comunidade deve ter a sua autonomia. Até na questão econômica há mais oferta, doações, consciência.

A nossa presença, embora fraca, aconteceu no retiro, no 3º CONJOX e outros eventos. Foi mais forte na Campanha da Fraternidade, no Bingo para 7ª Assembleia do Povo de Deus e nas doações para vários eventos.

Assurini mostra a tua cara! O MAB faz o seu trabalho e há um núcleo aqui. Os universitários vêm para o Assurini fazer pesquisas, estágios; acontecem encontros e cursos de todo jeito. Até cantores famosos vem abrilhantar festas. No Pimentel seu Silvano está levantando um entreposto de compra e venda de tudo o que pensar- cacau vai sair lonado do Assurini e com melhor preço. A energia só não chegou ainda e a estrada onde o povo está parado. Onde o povo está desperto tudo melhora. As coisas estão como o povo deixa. O asfalto até setembro vai chegar à agrovila Sol Nascente. Até o padre está sendo mais bem acompanhado. Cada um e cada comunidade vejam lá como está colaborando nesta bonita caminhada. As cacetadas vêm com certeza, mas vamos aproveitá-las para aprumar.

A questão econômica está assim:

Entradas: R$4.166,35

Saídas: R$4.984,95

Vermelho desta rodada: R$818,60

Vermelho total desde 2008: R$72.259,45

Surgiu um questionamento: Será que o Assurini não dá conta de sustentar a caminhada pastoral? Isto é uma vergonha! A resposta é: nem tanto. O Assurini colabora muito e com certeza se mais gente, famílias colaborassem poderia acabar o vermelho. Mesmo assim a ajuda foi significativa, pois, o gasto é muito com o carro (oficina e peças), combustível e balsa. As entradas e gastos nestes 7 anos foram:

Os R$9.257,84 foram gastos especiais como seja R$ 2.000,00 moto do Centro. R$ 1.000,00 cerca do centro, R$ 300,00 bicicleta, R$500,00 ajuda para moto, R$1.300,00 Freezer do Centro, R$ 950,00 povo Maia e gastos do carro

 

Entrada

Gastos

64.829,14

146.346,43

Vermelho/2014

81.517,29

 

Programa agendados

AGOSTO:

05/08- 19:30 Pioneira- Sagrado Coração de Jesus

10/08- 10:00 Matriz – Brasil Novo

11-14 /08 Manaus- Encontro sobre Missões

15-17/08- São Luís- c/ Pe. Luiz Mosconi- SMP

15-16- Visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré em

Altamira- 7:30 dia 15/08 no Aeroporto de Altamira.

18-27/08- Viamão-RS- Curso de Presbíteros-2ª etapa

21 a 24- CEBS Transamazônica- Morais de Almeida

30- 15h Firma- Sagrada Família

31/16h PA Ressaca- São José-Aniversariantes-

SETEMBRO

1º -7/09- Plebiscito Popular: Por uma constituinte exclusiva e soberana do sistema político.

06/09 16h- Nenê- Cristo Rei.

07/09- 10h Transunião-acesso 6 Sagrada Família

10/09- 17h PA Ressaca- São José- Casa de Irena

14/09- 9h Ressaca- Nossas Senhora das Dores- festa

14/09- 16h Pimentel- Nossa Senhora Aparecida- Casa de Antonino

15-28/ 09- viagem a Limoeiro-CE (Tabuleiro) Missão até 28/9

OUTUBRO

03/10- 19hPirarara- Festa de São Francisco de Assis- Cleonice

05/10- eleições – Medicilândia- cada um veja lá

11/10 10h Cascata- São Rafael

11/10- 16h- Bom Jardim 2 – São Cristovão- Festa de São Francisco

12/10- 9h- Dispensa 2- Nossa Senhora de Nazaré- Festa

13-21/10- Viagem a Porto Alegre- 29ª festa do clã Bervian-19/10

22-24/10- Encontro dos Presbíteros área 3- Altamira- Bethânia à

noite

NOVEMBRO

09/11- 10h Vicinal João Bispo- casa de Valdir- Olinda completa 85 anos, mãe de Terezinha

13-16/11- 7 ª Assembleia do Povo de Deus.

28-29/11- Encontransa em Brasil Novo

 

DEZEMBRO

08/12- 10h- Cajueiro -Festa da Padroeira.

 

O mês de agosto é das vocações. O 1º domingo é do padre, presbítero ou sacerdote, o 2º domingo é dos Pais- prestar homenagem- não esquecer de ouvir testemunhos. O 3ºDomingo é N. Srª da Assunção- dia dos religiosos (irmãos e irmãs). Temos alguns que saíram do Assurini.

O 4º domingo é dos catequistas, ministérios diversos na Igreja- é bom valorizar a todos que de uma ou outra forma estão doando pequenos tempos para a comunidade e a serviço das pessoas. Luiz Flávio Pinto (jornalista) disse que DEMA era generosamente voltado para o social. Chegou a esquecer ou fazer sofrer a sua família. Vamos valorizar nossas lideranças. O 5 ºdomingo é certamente para retomar todas as vocações e avaliar o mês de agosto.

No mês de agosto, acontecem as CEBs, em Morais de Almeida. Será que alguém do Assurini estará lá: o tema é CEBS e desenvolvimento: Que desenvolvimento queremos. E o lema: “É na Palavra de Deus que está nossa força e nossa esperança” a data será de 21 a 24/08/2014. Sairá de Altamira um microônibus, O ônibus levará o povo, penso que ainda tem lugar. O valor da passagem R$304,00 e a inscrição do Encontro R$35,00.

O mês de setembro é da Bíblia. Que lugar ela tem em nossa vida, em nossas famílias e na comunidade? Como era bom em cada comunidade ter um grupo de estudo bíblico! Existe no Brasil o CEBI- Centro de Estudo Bíblico. Muitas pessoas fazem parte deste movimento, o endereço é: R. João Batista de Freitas, 558 bairro Scharlau-Cx postal 1051 CEP 93121-970 São Leopoldo- Rio Grande do Sul. Fone (51) 3568-2560 ou 1113.

Em setembro, de 1º a 7, não deixa de votar no plebiscito popular para uma constituinte sobre a política- deixamos em cada comunidade o material. Até podem abrir uma urna e participar.

O Mês de outubro é das missões- renovar as Santas Missões Populares que aconteceram no Assurini no ano de 2011 e teve a caminhada dos crismandos em 2012. Em 2013 foi ano especial com a presença dos Padres: Pe. Zé Geraldo, Pe. Claret com o “Assurini, levanta tua voz”! Agora é a 7ª Assembleia do Povo de Deus- parece que está difícil incendiar. Qual a comunidade que está valorizando a cartilha e estudando, fazendo o relatório. Algo deve ser feito.

Também haverá as eleições gerais. É bom fazer conscientização política, escolher bem faz a diferença. Voto tem conseqüências! Tem o antes das eleições, o durante e o depois. Vamos alertar-nos. Será que a voz do povo será a voz de Deus! Olhem para as estradas; as escolas- carros escolares; a saúde- agentes, postos, hospitais, etc e vejam em quem votaram! Acertaram? Os votados falarão e agirão por nós. Você falaria e faria o que fazem ou deixam de fazer? O debate político, o conhecimento dos candidatos é muito bom. “pelos frutos se conhece a árvore”!

FaceBook  Twitter  

07 Agosto 2014

Leitura: Jr 31,31-34

Evangelho: Mt 16, 13-23

 

O projeto de Deus está em andamento, já desde do tempo dos antigos profetas. Que todos conheçam a Deus e ninguém precisa mais correção e ensinamento de outros. Mas, também em todo tempo este projeto sempre de novo sofreu desrespeito e violência. Jesus veio para fazer novos passos. Ele não quis convencer e obrigar, mas chamou e desenho nas parábolas e contas uma nova imagem do reino de Deus. Ele mesmo sabia da sua morte violenta e mesmo assim não desistiu. Somos nós hoje chamados a mudar história não usando mais força para nossas realizações e promovendo paz e justiça.

FaceBook  Twitter  

06 Agosto 2014 – Transfiguração do Senhor

Leitura: Dn 7, 9-10.13-14

Evangelho: Mt 17, 1-9


Jesus fica transfigurado diante dos seus discípulos. Ele fica transparente, o total de sua vida aparece – a glória e o brilho, mas também o seu sofrimento e a sua paixão. Este dia nos quer dar coragem para olhamos a nossa vida com todos os aspectos. Temos momentos bons e momentos difíceis. Com tudo que faz parte da nossa existência Deus nos diz: “Tu és meu filho, tu és minha filha a quem eu amo!”

FaceBook  Twitter  

05 Agosto 2014

Leitura: Jr 30, 1-2.12-15.18-22

Evangelho: Mt 15, 1-2.10-14

 

As vezes parece que a nossa situação é incurável, que não existe mais consolo e conforto para os nossos corações tão feridos. No meio da catástrofe da deportação e exílio do povo o profeta fala para seu povo que Deus é sempre capaz de mudar a sorte humana e que ELE vai agir. Palavra para nós hoje diante de tantas situações que nós não dominamos mais. Deus tem a última palavra e ELE tem uma palavra para a vida.

FaceBook  Twitter  

04 de Agosto 2014

Leitura: Jr 28, 1-17

Evangelho: Mt 14, 22-36

 

Os profetas Jeremias e Ananias estão em conflito. Ananias anuncia que tudo vai se tornar para o bem: o final do exílio do povo, a volta do tesouro do templo da Babilónia e paz para o povo. Jeremias porem anuncia ainda mais deportações e mais sofrimento para o povo. Deus não salva porque o povo não confia e não faz passos para se converter. – Temos hoje também vozes bem diferentes e opostas. Uns falam tudo para o bem, outros enxergam só perigos e dificuldades. A palavra chave é “confiança”. A história da travessia do mar da Galileia no evangelho fala disso. O mar símbolo do mal e do perigo. Apenas a confiança de Jesus e em Jesus acalma os ventos e as ondas. Nas tribulações das nossas vidas somos desafiados a confiar e fazer passos de conversão, nos virando para o próximo e cuidando e promovê-lo.

FaceBook  Twitter  

Padre Antonio Claret Fernandes

O retiro anual da Prelazia do Xingu, realizado entre os dias 22 a 26 de julho de 2014 - coroado com a ordenação sacerdotal dos diáconos Romildo e Hortêncio, em Brasil Novo - tem vários marcos importantes, que merecem reflexão. Um deles, porém, é de todo especial.

O local do retiro, Bethânia, com seu simbolismo associado à vida de Jesus de Nazaré, é muito aconchegante; une conforto e simplicidade, num ambiente rústico e rodeado do verde da floresta, do pouco que restou. Nas madrugadas se ouve o ‘canto’ do Guariba e, durante o dia, veem-se pássaros, borboletas e tantos outros viventes que, na sua beleza harmoniosa, convidam à oração.

O retiro conjunto - leigas e leigos, religiosas e religiosos, padres e bispos - é coisa grandiosa! Parece simples, mas é algo raro no Brasil e no Mundo. O comum é o retiro dos ministros ordenados apartados do povo.

Essa convivência é de uma riqueza imensa! Todas e todos, com carismas e ‘funções’ diferentes, pertencentes à mesma Igreja e à mesma Prelazia, estão na mesma barca para o que der e vier, correndo os mesmos riscos, enfrentando os mesmos desafios, celebrando a mesma vitória e rezando juntos.

A alimentação é simples, apetitosa e variada, preparada com dedicação e competência por duas senhoras que, discretas, na cozinha, prestam esse serviço vital aos que reservam um tempo para a meditação.

O alimento da Pessoa, cuja energia busca traduzir-se em serviço, é sagrado. O alimento, quando é fruto partilhado das comunidades vivas, tem o dedo de Deus. É esse alimento, e não apenas algo para encher o estômago, que se põe à mesa, ali, no refeitório.

A organicidade da Programação, quando os participantes se distribuem em diversas equipes de serviços (plenária, refeitório, oração, louça, café e panelas) tem um sentido profundo. Essa prática não traz a lógica da economia, mas da corresponsabilidade e partilha. Trabalhar, participar de tudo que é necessário para o bem estar do ambiente comum, é uma atitude mística. Quão belo é ver alguém, às vezes até meio sem jeito, mas com uma expressão de muito amor, brigando com a panela suja, que cozinhou o alimento servido a todos!

A figura simples de d. Moacir, apoiado pela bengala e pelo carinho de d. Erwin, de Doris e Denise, sempre por perto é algo divino. Por trás da fragilidade de d. Moacir se nota uma energia vigorosa!

As lembranças de d. Luciano, com sua provocação: ‘é ruim ser pobre!’. Ele, que tanto os amou; ele, que trazia na parede de sua residência, em Mariana, as marcas das mãos de centenas de empobrecidos (que o aguardavam, pois sabiam que seriam recebidos!), marcas essas que formavam um arranjo artístico mais valoroso do que o ouro exuberante dos templos barrocos; ele, da altura do seu testemunho, pode mesmo afirmar que ‘ser pobre é ruim’, e desmascarar todo tipo de demagogo, o qual exalta o pobre nos seus discursos, mas não toca nas causas da pobreza, não vive com o empobrecido, não experimenta o seu sofrimento e não sente a necessidade premente de sua liberdade.

Outra coisa importante que aprendi com Moacir foi o sentido da expressão ‘fome e sede de justiça’. O caso contado, sua andança pela estrada erma, a esperança frustrada de ao menos uma banana pelo caminho, a fumaça ao longe, a esperança renovada, os guaribas dependurados feito bebês, o homem viúvo e com gripe preparando a própria comida, a lembrança dos cuidados da mãe, a sua fome que torna aquele almoço a melhor refeição do mundo.

Que Deus nos ajude a ter sempre essa mesma fome e sede de Justiça! Isso pode mudar o rumo de nossas vidas.

O marco mais forte desse retiro, porém, a nosso ver, foram as músicas nas celebrações. As suas melodias, letras, o entusiasmo de quem canta uma realidade vivida, tudo isso revela a memória de uma Igreja unitária e libertadora.

Podia-se respirar, ali, a Igreja querida por Jesus, animada por leigas e leigos, religiosas e religiosos, padres, acompanhada por d. Erwin; igreja vivida, historicamente, no chão da Amazônia, na poeira e no barro da Transamazônica e dos travessões, no leito do Xingu.

Dize-me o que cantas e eu te direi quem és! Uma coisa é cantar ‘como zaqueu’, ‘já deu tudo certo’, ‘noite traiçoeira’, ‘tem anjos voando’. Outra coisa é cantar ‘eu sou como chuva em terra seca’, ‘comungar é tornar-se um perigo’, ‘derruba os poderosos dos seus tronos erguidos com o sangue e o suor do seu povo oprimido’.

O primeiro bloco de música, tão comum nas igrejas hoje, é intimista, não diz nada da vida, do cotidiano, e cada pessoa resolve os seus problemas com o seu deus. O segundo revela o Evangelho refletido e testemunhado, supõe a existência da comunidade, canta a caminhada desafiante e libertadora do povo, sinal do reino de Deus já presente.

O primeiro não parece coisa de Deus. O Segundo é a ação de Deus na história.

FaceBook  Twitter  

03 de Agosto 2014

1ª Leitura: Is 55, 1-3

2ª Leitura: 8, 35.37-39

Evangelho: Mt 14, 13-21

 

A graça de Deus é maior de tudo. Ela não nos tira das dificuldades e sofrimentos, mas ela nos faz vencer tudo. A graça se manifesta onde nós começamos viver diferente partilhando e deixando nossas competições, onde a meta não é mais merecer e ganhar, mas doar e cuidar. Assim se realiza o projeto do Reino de Deus e alivia o fardo da nossa vida.

FaceBook  Twitter  

02 de Agosto 2014

Leitura: Jr 26, 11-16.24

Evangelho: Mt 14, 1-12

 

Perseguição e rejeição é a sorte do profeta. Jeremias escapou por pouco da morte encontrando a proteção de Aicam. João Batista sofreu a morte por causa da rejeição e da raiva da Herodíades. Jesus mesmo também encontrou a paixão e a morte na cruz. Mais uma vez a palavra de Deus se mostra uma contra-força no nosso mundo que não anda conforme os projetos humanos. Ela nos chama a arriscar a nossa vida para realizar o bem e transformar este mundo.

Subcategorias

Bispo responsável: Dom Erwin Krautler

Nascimento: 12/07/1939 -Koblach/ Áustria, ordenação

presbiteral: 03/07/1965 - Salzburg/ Áustria.

Sagrado bispo em 25/01/1981 - Altamira - Província

Eclesiástica Belém do Pará.

 

Endereço: Avenida João Pessoa, 1212 CEP 68371-040 - Centro, Altamira - Para - Brasil

 

Tel: 0055.0XX93.3515.1761 - Curia - 0055.0xx93.3515.2494

 

 

Características Gerais da Prelazia

A Prelazia do Xingu foi criada a 16/08/1934, pela Bula “Animarum Bonum Postulat” do Papa Pio XI, desmembrada da Arquidiocese de Belém do Pará e das então Prelazias de Santarém e Santíssima Conceição do Araguaia. Foi confiada pela Santa Sé aos cuidados da Congregação dos Missionários do Preciosíssimo Sangue de Cristo. 1º Administrador Apostólico: Dom Armando Bahlmann, OFM (1935). 2º Administrador Apostólico: Padre Clemente Geiger, CPPS (1935-1948). 1º Bispo Prelado: Dom Clemente Geiger, CPPS (1948 a 1971). 2º Bispo Prelado: Dom Eurico Krautler, CPPS (1971 a 1981).

 

Superfície: 368.086,0 KM²

População: 392.211 hab

Densidade Demográfica 1,1 hab/km² (baseado em dados do, IBGE - 2000)

 

 Mapa da Prelazia do Xingu

 

MunicípioS pertencentes: Altamira, Anapu, Bannach, Brasil Novo, Cumaru do Norte, Gurupá, Medicilândia, Ourilândia do Norte, Placas, Porto de Moz, São Félix do Xingu, Senador José Porfírio, Tucumã, Uruará, Vitória do Xingu.

 

A Prelazia do Xingu é formada por seis regiões pastorais:

Região Alto Xingu: Ourilândia do Norte, São Félix do Xingu e Tucumã;

Região Médio Xingu: Vitória e Souzel;

Região Baixo Xingu: Porto de Moz e Gurupá

Região Transamazônica Oeste: Brasil Novo, Medicilândia, Uruará e Placas;

Região Transamazônica Leste: Belo Monte e Anapu

Região de Altamira: Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Áreas: Perpétuo Socorro e Imaculada Conceição

 

Os municípios de Cumaru do Norte e Bannach são atendidos pela Diocese de SS. Conceição do Araguaia.

 

A Prelazia possui três instâncias de decisão: Grande Assembléia do Povo de Deus no Xingu, Conselho de Pastoral e Coordenação de Pastoral.

 

 

Nesta Seção você poderá baixar arquivos: texto, vídeo ou figuras que tenham relação com o trabalho pastoral na Prelazia, na medida que for sendo disponibilizados pelas pastorais ou agentes de pastoral.

Alguns Downloads poderão ser feitos somente por usuários cadastrados. Caso você seja um Agente de Pastoral e tenha alguma dificuldade entre em contato com o Centro de Pastoral para que faça o seu cadastramento como Agente.